Floresta Amazônica

A Floresta Amazônica: Quem é ela?

Além de ser a maior floresta do mundo, com a maior concentração de água doce e com a maior biodiversidade do planeta, a floresta amazônica é uma enorme fonte de vida.
A Amazônia está situada na região centro-norte do Brasil. É cortada pela linha equatorial com um tempo tropical. Ocupa cerca de 2 / 5 do continente, incluindo 9 países: Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Guiana Francesa, Peru, Suriname e Venezuela. Ela é linda, única e cheia de vida e riquezas incontáveis.

A parte brasileira da Floresta Amazônica é constituída de 3.581 Km2, o que equivale a 42,07% do nosso país.

Os números impressionam
A grande bacia fluvial do Amazonas contém 1 / 5 da água doce do mundo disponível.

A bacia amazônica é um dos locais mais chuvosos do planeta, as águas podem atingir 18 metros em algumas áreas! Isto significa que durante metade do tempo, uma grande parte da planície amazônica continua submersa, caracterizando a maior área de floresta alagada do planeta, cobrindo uma área de 700.000 km2.

Beleza Natural
Estado do Amazonas tem menos de 10% da população do país. A economia é dominada pelo extrativismo vegetal, praticado sobre uma flora com enorme variedade de espécies. Para Além da seringueira de onde extraímos a borracha, a castanha do Pará, vários tipos de madeira, guaraná, babaçu, malva e muitas outras são colhidas. Essas atividades servirão de base para sustentar a população nativa, que vivem, literalmente, "do que natureza lhes dá."

Nos nove estados da Amazônia Legal, residem 55,9% da população indígena brasileira, ou em outras palavras, cerca de 250 mil pessoas, de acordo com o Sistema de Informação de Atenção à Saúde Indígena (SIASI) em abril de 2005 da National Health Foundation.

A história do Rio Amazonas
Os exploradores espanhóis acreditavam que a população que eles haviam avistado era uma tribo feminina, e recordaram das Amazonas - as guerreiras da mitologia grega - e batizaram o rio, que passou a ser chamado de rio Amazonas.
O rio Amazonas começa no Peru, na confluência dos rios Ucayali e Maranon. Entra no Brasil com o nome de Solimões e passa a ser chamado Amazonas quando recebe as águas do rio Negro, no interior do estado Amazonas.

 

 

 

English Português